Cirurgia robótica no Santo António reduz infeções e complicações

O Centro Hospitalar Universitário de Santo António começou hoje a realizar cirurgias assistidas por robot, um tipo de operação que diminui o tempo de internamento, reduz a taxa de complicações e de infeções e aumenta a precisão do cirurgião.

Paralelamente, e associado ao programa de cirurgia assistida por robot, o Santo António está a desenvolver uma solução digital para envolvimento dos utentes.

A ‘Get Ready’ é uma aplicação que permitirá ao doente comunicar com a equipa clínica fora do hospital, antes e depois da cirurgia, assim como consultar conteúdos sobre o procedimento a que irá ser submetido.

“𝙉ã𝙤 𝙛𝙖𝙯𝙞𝙖 𝙨𝙚𝙣𝙩𝙞𝙙𝙤 𝙩𝙚𝙧𝙢𝙤𝙨 𝙧𝙤𝙗𝙤𝙩𝙨 𝙣𝙤𝙨 𝙗𝙡𝙤𝙘𝙤𝙨 𝙤𝙥𝙚𝙧𝙖𝙩ó𝙧𝙞𝙤𝙨 𝙚 𝙘𝙤𝙣𝙩𝙞𝙣𝙪𝙖𝙧𝙢𝙤𝙨 𝙖𝙧𝙘𝙖𝙞𝙘𝙤𝙨 𝙣𝙤 𝙧𝙚𝙡𝙖𝙘𝙞𝙤𝙣𝙖𝙢𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙘𝙤𝙢 𝙤 𝙙𝙤𝙚𝙣𝙩𝙚” - Avelino Fraga, responsável pelo programa de cirurgia robótica do Santo António.


Fique a saber mais aqui

Galeria