Novas fístulas vasculares para hemodiálise em Portugal

A hemodiálise é um dos principais processos de substituição da função dos rins em pessoas com insuficiência renal crónica. O método exige uma fístula vascular permanente, via de acesso construída cirurgicamente entre uma artéria e uma veia do membro superior. O procedimento cirúrgico que pode ser demorado, complexo e não isento de complicações.   
O Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular introduziu uma tecnologia avançada, com intervenção minimamente invasiva, através de uma punção simples na pele, sem cortes ou suturas.
Este trabalho foi executado no Centro Integrado de Cirurgia de Ambulatório do Centro Hospitalar Universitário de Santo António e é inédito em Portugal.

Galeria