O nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Descubra mais informações sobre a utilização de cookies e tecnologias semelhantes na nossa Política de Cookies. Poderá alterar as configurações do seu equipamento para recusar cookies ou ser notificado quando um cookie lhe for enviado. Para mais informação aceda por favor à nossa Política de Privacidade
Aceitar
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.

Publicação de Indicadores de qualidade
Relatório Acesso a Cuidados de Saúde
Lista de Pretações de Serviços
Consultas - Tempos de Espera
Urgências - Tempo de Espera
Carta dos Direiros de Acesso aos Cuidados de Saúde
   
Director
  Dr.ª Inês Freitas
Contactos
  Telefones:
Extensões: 1840
Faxes:
Correios electrónicos: directorhemalab@chporto.min-saude.pt
Enf. Chefe/Técnico
  Técnica Filomena Ramos
Localização
 
Hospital de Santo António
O Serviço de Hematologia Laboratorial, integrado no Departamento de Patologia Laboratorial, está vocacionado principalmente para a execução de pedidos analíticos solicitados pelos Serviços Clínicos do Hospital. Tem ainda uma importante actividade formativa de Médicos Internos Complementares (de Patologia Clínica, Hematologia Clínica e Imunohemoterapia), licenciados em Farmácia, actualização permanente do Pessoal Técnico do Laboratório e ensino aos alunos técnicos das Escolas Politécnicas

Procura sempre dar uma resposta em tempo útil e de qualidade, que esteja à altura do nível de cuidados a prestar por uma instituição com a diferenciação do Hospital Geral de Santo António. Para além da rotina hematológica geral, especializou-se há muitos anos na caracterização citomorfológica do sangue periférico e da medula óssea, designadamente em situações hemato-oncológicas, e , desenvolveu uma rotina de estudo do glóbulo rubro, praticado diversas técnicas que permitem a caracterização das múltiplas patologias destas células.
Recebe para estudo amostras biológicas vindas do internamento, consulta externa e da urgência do Hospital, dando ainda apoio a outros hospitais da região Norte do País (principalmente no estudo citomorfológico da medula óssea e na investigação de patologia do glóbulo rubro).
Procurando adaptar-se ao crescente volume de solicitações por parte dos Serviços Clínicos, o Serviço tem sofrido nos últimos anos a uma profunda remodelação no sentido  da automatização e da informatização, acompanhando os notáveis desenvolvimentos tecnológicos nestas áreas. Está hoje dotado de um sistema global de informatização, que muito tem beneficiado o seu funcionamento e agilizado  a resposta dada ao Hospital. Existe uma “pirâmide” de acesso condicionado ao sistema informático, com validação dos resultados a vários níveis e consequente responsabilização dos diversos intervenientes no processo, de acordo com o seu grau de diferenciação.
A qualidade dos resultados é uma preocupação constante. O Serviço tem um sistema de controlo de qualidade interno e está integrado em dois programas de controlo de qualidade externos, um nacional (Instituto Ricardo Jorge) e um internacional (UK NEQAS), para todos os exames analíticos do Serviço, nomeadamente estudo morfológico de lâminas de sangue periférico e pesquisa de Parasitas.
Actividades
  Formação
• Internato Médico de Patologia Clínica
• Estágios parcelares de outras especialidades
1. Hematologia Clínica
2. Imunohemoterapia
• Outros estágios (Farmácia, Biologia,....)
• Estágios de alunos técnicos das Escolas Politécnicas do Vale do Ave, CESPU, Politécnico de Bragança e Universidade Fernando Pessoa

Avaliação de equipamentos
Frequentemente o Serviço é solicitado para realizar a avaliação de equipamentos automáticos, principalmente em fase de lançamento.

Investigação
• Colaboração prestada a outros Serviços (ensaios clínicos)
• Comunicações em congressos nacionais e internacionais

Arquivo de lâminas e diapositivos
O Serviço possui desde há largos anos um Arquivo de Lâminas de diversas patologias hematológicas, onde pode ser feita uma revisão de patologias menos comuns. Paralelamente a este arquivo, existe um outro mais recente, de diapositivos, feito a partir de esfregaços de sangue periférico e de medula óssea, dos casos com mais interesse.
Informações
  Informações gerais sobre o Serviço O Serviço de Hematologia Laboratorial situa-se no piso 2 do Edifício Dr. Luís de Carvalho. O horário de funcionamento é o seguinte: 9 – 13 horas 14 – 17 horas , dias úteis. Fora deste horário, deve ser contactado o Laboratório do Serviço de Urgência, que funciona diariamente durante 24 horas. Quadro de Pessoal do Serviço Direcção do Serviço  Maria Cândida Soveral Torres – Chefe de Serviço Pessoal Médico  Luís Alberto Costa Monteiro – Assistente Graduado  Maria Inês O. Azevedo Freitas – Assistente Graduado  António Filipe M. M. Rodrigues Santos – Assistente Graduado  Maria da Graça S. B. Lopes Morais Henriques - Assistente Graduada Pessoal Técnico  7 elementos Pessoal Administrativo  2 elementos Pessoal auxiliar  2 elementos Funcionalmente, o Serviço de Hematologia Laboratorial encontra-se dividido em vários sectores:  Análises automáticas  Citologia / Morfologia  Glóbulo rubro Sector das análises automáticas Realização de hemogramas completos com contagem diferencial de leucócitos, contagem de reticulócitos e determinação da velocidade de sedimentação.  Equipamento ADVIA 120 (Bayer), Coulter LH 750 e GEN`s (Beckman-Coulter), Sysmex ST 1800 3 XE-2100 (Sysmex Corporation) e Sistema Diesse 60 (Menarini)  Nº de análises efectuadas em 2005 177.409  Análises realizadas Hemograma Eritrograma Leucograma Plaquetas Reticulócitos Velocidade de sedimentação Sector da citologia / morfologia Estudo de esfregaços de sangue periférico e de medula óssea.  Equipamento Microscópios Olympus, Zeiss e Leitz Citocentrífugas (Cytospin 3 – Shandon)  Nº de análises efectuadas em 2005 14.912  Análises realizadas Contagem diferencial de leucócitos Morfologias eritrocitária, leucocitária e plaquetária Pesquisa de parasitas ( sangue periférico e medula óssea) Mielograma (com colorações citoquímicas) Colorações citoquímicas: • Reacção das mieloperoxidases • Reacção do Sudão Negro • Reacção PAS ( periodic acid schiff) • Reacção da fosfatase ácida • Reacção da fosfatase ácida, com inibição pelo tartarato • Reacções das esterases * -naftil acetato esterase * -naftil butirato esterase * naftol AS-D cloroacetato esterase * dupla coloraçaõ : - naftil acetato esterase e naftol AS-D cloroacetato esterase • Reacção da fosfatase alcalina dos neutrófilos • Reacção de Perls Colheitas de aspirado e biópsia de medula óssea Glóbulo rubro Realização de diversas técnicas para estudo das patologias mais frequentes do G.R.  Equipamento Hb Gold (Menarini), Variant (Biorad) e espectrofotómetro Schimazu CL-770  Nº de análises efectuadas em 2005 805  Análises realizadas Haptoglobina Hemoglobina A2 Hemoglobina F Electroforese de hemoglobinas Teste de solubilidade da Hemoglobina S Hemoglobinas instáveis Fragilidade osmótica Piruvatoquinase (despiste) Glicose-6-fosfato desidrogenase Pesquisa de corpos de Heinz Teste de Kleihauer

SNS

CENTRO BIOMÉDICO DE SIMULAÇÃO CHP/ICBAS (CBS)

Centro de Genética Médica Doutor Jacinto Magalhães

SNS 24
Política de Cookies | Política de Privacidade Centro Hospitalar Universitário do Porto ©2018 | Todos direitos reservados Governo de Portugal