CAC - CHP-ICBAS

Diretora | Prof.ª Doutora Ana Povo
MD | ICBAS | Universidade do Porto
Assistente Graduada de Cirurgia Geral
PhD | Faculdade de Medicina | Universidade do Porto
Professora Convidada | ICBAS | Universidade do Porto

Conselho Diretivo

Presidente do Conselho de Administração da ULS de Santo António | Dr. Paulo Barbosa
MD | Faculdade de Medicina | Universidade do Porto
Assistente Graduado Sénior

Diretor do ICBAS-UP | Prof. Doutor Henrique Cyrne Carvalho
MD | ICBAS | Universidade do Porto
PhD | Ciências Médicas | ICBAS | Universidade do Porto
Professor Catedrático Convidado | ICBAS | Universidade do Porto

Conselho estratégico
Dr. Domingos de Andrade
Prof. Doutor Mário Barbosa
Dr. António Pimenta Marinho
Prof.ª Doutora Luísa Lobato (DEFI/CHUdSA)
Prof.ª Doutora Mariana Monteiro (UMIB)
Dr. João Almeida Lopes

Comissão adjunta
Prof. Doutor Luís Maia
Prof. Doutor Pedro Barata
Prof. Doutor Mário Santos
Dr.ª Daniela Luís
Dr.ª Raquel Lopes

Contacto
 cac.icbas@chporto.min-saude.pt

O Centro Académico Clínico CHP-ICBAS (CAC) é um consórcio criado entre o Centro Hospitalar do Porto, E.P.E. (CHP) e a Universidade do Porto, através da sua unidade orgânica o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS), que visa “a concretização de um avanço significativo na investigação translacional e no desenvolvimento científico e uma melhoria significativa do ensino médico”, conforme a Portaria 295/2015, de 18 de setembro, dos Ministérios da Saúde e da Educação e Ciência, que define também os objetivos específicos deste consórcio:

  1. Aproveitamento efetivo de sinergias nas várias áreas de atuação e potenciação da partilha de recursos humanos altamente diferenciados;

  2. Introdução de programas inovadores e parcerias estratégicas que possibilitem avanços qualitativos na participação da comunidade e contribuam para a obtenção de financiamentos externos;

  3. Racionalização e maximização da utilização dos recursos humanos, financeiros e tecnológicos postos à disposição dos seus membros;

  4. Desenvolvimento de ações colaborativas que promovam cuidados de saúde de qualidade com base nas contribuições das ciências médicas básicas e clínicas e dos serviços de ação médica do Centro Hospitalar;

  5. Desenvolvimento de ações colaborativas que contribuam para o desenvolvimento de cuidados integrados inovadores com base numa crescente articulação entre cuidados primários, hospitalares e continuados;

  6. Desenvolvimento de projetos colaborativos de investigação com reforço da cooperação nacional e internacional;

  7. Modernização e qualificação da educação médica, na dimensão pós-graduada e de educação médica continuada;

  8. Promoção de uma cultura comum focada na excelência académica e clínica num contexto internacional e de redes transeuropeias;

  9. Estabelecimento do foco da atividade na promoção da qualidade dos cuidados prestados às populações com base numa resposta adequada às suas diferentes necessidades;

  10. Aprofundamento do investimento nas áreas estratégicas;

  11. Desenvolvimento ao máximo do potencial disponível, tanto ao nível dos recursos humanos como materiais, assegurando a combinação da investigação básica, translacional e de serviços com cuidados clínicos e educação médica que é necessária para alcançar melhorias significativas dos cuidados de saúde.