Centro de Referência Cancro do Testículo

Centro de Referência Cancro do Testículo

Coordenador | La Fuente de Carvalho, MD 
PhD | Ciências Médicas | ICBAS | Universidade do Porto
Assistente Graduado Sénior de Urologia
Professor Catedrático Convidado | ICBAS | Universidade do Porto
📄 https://www.authenticus.pt/en/profileOfResearchers/publicationsList/8939  

Os tumores do testículo são relativamente raros, representando cerca de 1 a 1,5% de todos os cancros diagnosticados nos homens.
Nos últimos anos, assistiu-se a um aumento da incidência destes tumores, sobretudo nos países industrializados, o que pode refletir um maior acesso aos cuidados de saúde e não, necessariamente, estar relacionado com o desenvolvimento de novos fatores de risco nestes países.

A maioria destes tumores provém de células germinativas, e classificam-se em dois grandes grupos: seminomas e não seminomas.

Cerca de 70% dos doentes são diagnosticados numa fase inicial, no estadio I. Neste sentido, os doentes com tumor do testículo devem ser tratados em Centros de Referência, os quais visam a orientação diagnóstica e terapêutica céleres, adequada para cada estadio clínico e, assim, manter os resultados de excelência que, atualmente, se verificam (96% aos 5-anos).

O registo eletrónico de todos os doentes, com um processo eletrónico único, permitirá consultar toda a informação clínica, os meios complementares de diagnóstico, as terapêuticas, bem como os dados referentes ao internamento.

Assim, os objetivos de um Centro de referência devem ser:

  • Melhorar a capacidade diagnóstica e de tratamento;
  • Agregar capacidade de resposta sinérgica;
  • Conduzir a investigação científica para impacto internacional;
  • Prestar cuidados de saúde de elevada qualidade, eficientes e acessíveis, aos doentes cuja condição clínica exija uma concentração especial de conhecimentos médicos altamente diferenciados;
  • Transparência de procedimentos e de resultados;
  • Atividade assistencial integrada com investigação clínica e formação pós-graduada.

Para poder concretizar estes pressupostos o Centro Hospitalar Universitário do Porto (CHUPorto) tem uma parceria com o Instituto Português de Oncologia do Porto na criação do Centro de Referência de Cancro do Testículo.

Os elementos da Clínica de Urologia do:

Instituto Português de Oncologia do Porto, afetos a esta área são os seguintes:

Antonio Joaquim Pinho Morais | Urologia
Maria Joaquina Coutinho Maurício | Medicina Interna (Serviço de Oncologia Médica)
Rui Manuel Ferreira Henrique | Anatomia Patológica
Ângelo Paiva Oliveira | OncoRadioterapia

No Centro Hospitalar Universitário do Porto a equipa é:

Nuno Rossano Louro | Urologia
Joana Febra | Oncologia Médica
Eugenia Rosendo Medicina Interna (Serviço de Medicina Interna)
Ramon Vizcaino | Anatomia Patológica
Paula Sá Couto | Anestesia
Pedro Pinheiro Imagiologia

Tem se verificado um número crescente de doentes enviados para este Centro, desde 2016, que mantém níveis elevados de doentes livres-doença aos 5 anos.

Ambas as instituições têm desenvolvido atividades, junto da população-alvo, para sensibilizar das vantagens em realizar o auto exame testicular e a deteção precoce desta neoplasia.