O nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Descubra mais informações sobre a utilização de cookies e tecnologias semelhantes na nossa Política de Cookies. Poderá alterar as configurações do seu equipamento para recusar cookies ou ser notificado quando um cookie lhe for enviado. Para mais informação aceda por favor à nossa Política de Privacidade
Aceitar
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.

Publicação de Indicadores de qualidade
Relatório Acesso a Cuidados de Saúde
Lista de Pretações de Serviços
Consultas - Tempos de Espera
Urgências - Tempo de Espera
Carta dos Direiros de Acesso aos Cuidados de Saúde
Admissão
O que deve ou não trazer

Traga:
Lista de medicamentos que toma, nome do médico assistente, escova de dentes, chinelos, pijama,...

Não Traga:
Valores como jóias, grandes quantidades de dinheiro, televisão, rádio/despertador, álcool, cigarros, ...

Se por algum motivo trouxe alguns valores informe a Enfermeira para os guardar. Ser-Ihe-ão devolvidos na alta.
O HGSA não se responsabiliza por qualquer dano ou extravio de valores que sejam trazidos para o interior do hospital que não obedeçam ao procedimento descrito acima.

Internamento
Cada Enfermaria tem a sua rotina própria.
Contudo, existem informações gerais aplicáveis a todos os doentes, independentemente do local onde estejam internados.

Funcionários
Os funcionários do HGSA estão identificados com um cartão contendo o nome,
fotografia e actividade profissional.

Fumar
Proibido fumar dentro das instalações do Hospital Geral de Santo António.

Telemóveis
Desligue o telemóvel, quando isso lhe for solicitado.
Utilize sempre o modo de vibração ou toque no volume mínimo.

Telefones
Os telefones públicos estão disponíveis em quase todos os pisos dos dois edifícios e aceitam moedas e cartões. Se tiver dificuldades em utilizá-los, por favor peça colaboração.

Barbeiros
O Hospital Geral de Santo António dispõe de um serviço de barbearia. Sempre
que necessite, solicite-o junto da Enfermeira.
O serviço de barbeiros está disponível de segunda-feira a sexta-feira das 7h30 às 12h30 e das, 14h às 15h e aos Sábados das 7h30 às 12h.

Refeições
Aos acompanhantes de crianças internadas é fornecida uma senha por dia e refeição.
O consumo das refeições (almoço / jantar) é feito no refeitório de pessoal, localizado no piso 0 do edifício Satélite e funciona ao almoço, entre as 12h e 14h30 e entre as 19h15 e 20h45, ao jantar.

Pequeno-almoço 8h45 - 9h15
Almoço 12h15 - 12h45
Lanche 15h45 - 16h
Jantar 19h - 19h30
Ceia após as 21h30

As visitas e/ou acompanhantes não devem ser portadores de alimentos para os doentes, excepto com a autorização da equipa de saúde.

Visitas
No horário referido só é permitido o acesso a dois visitantes, podendo estes
dar lugar a outros após a sua saída.

Horário geral 11h - 19h30
Obstectrícia 12h - 19h30 (2 acompanhantes)
UCIC 15h30 - 17h30 (1 acompanhante)
UCIP 15h - 16h e 17h - 18h (1 acompanhante)
SCI 1 16h - 18h (1 acompanhante)
SCIPC 16h - 18h (1 acompanhante)
SCINP 24h (pais)
12 h - 18 h (avós ou irmãos desde que autorizados)
Pediatria 8h30 - 20h30min. (pais)
20 h 30 min - 8h 30min. (o pai ou a mãe)
durante o dia, na saída do pai ou mãe, é permitida 1 visita


Só são permitidos visitantes com menos de 10 anos de idade, desde que acompanhados por adultos, nos seguintes casos:
a) o doente internado é o pai ou a mãe;
b) o doente internado é um irmão ou irmã com menos de 14 anos;
c) quando nasce um irmão ou irmã;
d) nos dias de Natal, 1.° de Janeiro, Páscoa, dia da Mãe e dia do Pai.

Colabore no seu tratamento e segurança
Partilhe informações importantes como: alergias, medicamentos que toma, consultas agendadas.

Questione sobre o seu estado de saúde.

Lembre-se que para serem realizados determinados exames e cirurgias é necessário o consentimento informado.

Todas as camas têm bandas de protecção. Não as mova sem pedir ajuda.
Sempre que necessite de ajuda use a campainha.

O regresso a casa
Na alta do Hospital, certifique-se que:
  - leva uma carta para o seu médico de família / assistente;
  - consulte logo que possível o seu médico de família;
  - entendeu bem a continuação do tratamento, os medicamentos que tem de tomar e como os deve tomar;
  - confirme a data e o local de consulta externa, se for o caso.

Direitos e deveres dos doentes
Direitos
1. Ser tratado no respeito pela dignidade humana.
2. Ser respeitado pelas suas convicções culturais, filosóficas e religiosas.
3. Receber os cuidados apropriados ao seu estado de saúde, no âmbito dos cuidados preventivos, curativos, de reabilitação e terminais.
4. Prestação de cuidados continuados.
5. Informação sobre os serviços de saúde existentes.
6. Informação sobre a sua situação de saúde.
7. Obter uma segunda opinião sobre a sua situação de saúde.
8. Dar ou recusar o seu consentimento, antes de qualquer acto médico ou participação em investigação ou ensino clínico.
9. Confidencial idade de toda a informação clínica e elementos identificativos
que lhe respeitam.
10. Acesso aos dados registados no seu processo clínico.
11. Privacidade na prestação de todo e qualquer acto médico.
12. Independentemente ou através de organizações representativas apresentar
sugestões e reclamações.

Deveres
1. Zelar pelo seu estado de saúde, de forma a garantir o seu bem-estar e o seu restabelecimento.
2. Fornecer aos profissionais de saúde todas as informações relevantes para a obtenção de um correcto diagnóstico e adequada terapêutica.
3. Respeitar os direitos dos outros doentes.
4. Colaborar com os profissionais de saúde, respeitando as prescrições que lhe são indicadas e por si livremente aceites.
5. Respeitar as regras de funcionamento das instituições prestadoras de cuidados de saúde a que recorre.
6. Proceder ao pagamento dos encargos que derivem da prestação dos cuidados de saúde, quando for caso disso.

SNS

CENTRO BIOMÉDICO DE SIMULAÇÃO CHP/ICBAS (CBS)

Centro de Genética Médica Doutor Jacinto Magalhães

SNS 24
Política de Cookies | Política de Privacidade Centro Hospitalar Universitário do Porto ©2018 | Todos direitos reservados Governo de Portugal